A Vida Portuguesa obriga trabalhadores a “pedir” férias na semana anterior a lay-off

A Vida Portuguesa obriga trabalhadores a “pedir” férias na semana anterior a lay-off

25 de Março, 2020 0

A empresa Passos em Volta, a “mãe” das lojas A Vida Portuguesa de Lisboa, tentou, logo no dia 13 de março, reduzir o horário de trabalho. Dois dias mais tarde contactou individualmente os 38 trabalhadores que trabalham nas lojas, dizendo que os estabelecimentos encerrariam durante o período de quarentena. Esta situação é relatada pela Plataforma Resposta Solidária, em publicação divulgada a 24 de março. A Vida Portuguesa passou a lay-off apenas dia 23 de março, mas contactou os trabalhadores e as trabalhadoras para que enviassem um email “pedindo” que a semana de 16 a 20 de março fosse considerada como período de férias. A Passos em Volta abriu a primeira loja d’A Vida Portuguesa em Lisboa em 2007 e tem hoje 4 lojas em Lisboa, mantendo, neste momento, a loja online em funcionamento.