Esmaltina: fabricante de bicicletas de Anadia opera sem garantir proteção e pressionando trabalhadores

Esmaltina: fabricante de bicicletas de Anadia opera sem garantir proteção e pressionando trabalhadores

29 de Maio, 2020 0

A Esmaltina, empresa dedicada ao fabrico de bicicletas, segundo denúncias que recebemos, não está a cumprir as recomendações para proteção da saúde dos trabalhadores, na sua unidade industrial em Sangalhos, no concelho de Anadia. As denúncias relatam que é frequente a permanência de 3 ou 4 trabalhadores no mesmo espaço e a trabalhar na mesma bicicleta. A este risco junta-se o facto de não haver limpeza e higienização de ferramentas e bancadas nos postos de trabalho. E, apesar de a empresa facultar máscara à entrada da instalação industrial, asseguram os relatos que o seu uso não é fiscalizado nem obrigatório, uma vez que as próprias chefias não as usam. É descrito um clima de receio por não haver controle no uso de máscaras na empresa. No seu conjunto, os relatos apontam para a existência de várias situações que não estão alinhadas com as recomendações para a saúde e segurança no trabalho no atual contexto, condensadas neste documento divulgado pela Autoridade para as Condições do Trabalho.

Perante o aumento de encomendas, além de pressionar a realização do trabalho sem reunir todas as condições de proteção dos trabalhadores, a administração tem respondido com o recurso à precariedade. Aos cerca de 40 trabalhadores e trabalhadoras habituais, têm-se juntado algumas dezenas de precários, cedidos por uma empresa de trabalho temporário, com contratos semanais. Para além disto, os trabalhadores têm sido confrontados com jornadas de trabalho de 10 horas. A pressão chega a ser tanta que os trabalhadores se vêm impedidos de higienizar as mãos, uma vez que o álcool gel disponibilizado se encontra na portaria e as idas à casa de banho chegam a ser controladas.

A Esmaltina Auto-Ciclos, S.A. é uma conhecida empresa portuguesa fabricante de bicicletas, fundada em 1970. No seu site, afirma que “fabrica bicicletas de alta qualidade e precisão”, tendo já produzido mais de 3 milhões de unidades, vendidas em vários países da Europa, África e América do Sul.